Dia 3/11

quarta

olho-3.png

A Ilha do tesouro
O que de que

linha-branca.png

Em um solo com bonecos a Cia conta A Ilha do Tesouro, uma história cuja trama de aventura remete aos contos de heróis e suas provações, mas aqui nosso protagonista é Jim, um jovem, com cerca de 11 anos. Esse corajoso aventureiro conhece um velho lobo do mar, ganha um mapa do tesouro, singra os mares dentro de um enorme navio, enfrenta piratas, vence os perigos de uma ilha deserta, encontra um fantasma e por fim, descobre o seu tesouro.  Fotos: Sergey Omshenetsky.

Espetáculo de Teatro/ 50 Minutos/ ​Local: Teatro
Faixa etária recomendada: 4+

 fotos: Sergey Omshenetsky

Ingressos

linha-branca.png

A criação artística para a primeira infância
Jundiaí, cidade sede do festival Um Novo Olhar, é repleta de artistas! As áreas do teatro, da dança e da música são muito bem representadas.Jundiaí também faz parte do Projeto Cidade das Crianças, que prioriza ações voltadas para crianças pequenas; porém a oferta de trabalhos artísticos para a primeira infância ainda é pequena. A partir desta constatação, convidamos a diretora Anie Welter para compartilhar conosco o processo de criação desenvolvido entre ela e sua equipe na Cia. Noz de Teatro, Dança e Animação, onde as fronteiras entre a dança e o teatro são, praticamente, inexistentes e a música está sempre presente.Será um bate papo bem descontraído, onde a plateia poderá perguntar, argumentar e, quem sabe, conceber uma ideia para o próximo espetáculo!

Convidada
Anie Welter
: Diretora, atriz, coreógrafa, arte educadora e bonequeira.
Integrou o Grupo XPTO de 1988 a 2000.
Fundou a Cia Noz de Teatro, Dança e Animação no ano de 2004 onde criou, dirigiu e atuou em vários espetáculos como: Oras Bolas; 100 + Nem Menos; POP; Cocô de Passarinho; O Sonho de Maria Luísa e Bê a Bach.
Teve trabalhos contemplados com os prêmios FEMSA em 1993, 1997, 1998 e 2011 e Prêmio APCA 2013 – Melhor espetáculo Infantil de Animação/Bonecos.
Em 2011 foi convidada para participar do projeto “Prêmio para Residência de Grupos de Artes Cênicas/Secult” na cidade de Anchieta/ ES. Foto: Divulgação.

Mediador
Marcelo Peroni: Pós Graduado em Cultura na ECA/USP; Graduado em Letras e formado pelo Teatro Escola Célia Helena. Dedica grande parte de sua carreira à pesquisa, produção e direção de espetáculos e festivais para o público infantil e jovem. Em 2015, fez residência artística na Itália com o grupo italiano Principio Attivo Teatro, que o motivou a criar para a Primeiríssima Infância. Foto: Divulgação. 
 

WhatsApp Image 2021-10-23 at 12.55.46.jpeg

Ponto de Vista
bate-papo

Anie Welter 1.jpg

Bate-papo/ 90 Minutos/ ​Local: Espaço LAB
Público alvo: artistas, educadores e interessados em geral

Ingressos